As 8 principais tecnologias para as empresas até 2020

Seis em cada dez CEOs estão preocupados com a velocidade com que as tecnologias estão avançando e como elas podem modificar a indústria. Em um contexto como esse, a PWC listou oito tecnologias que os gestores devem ficar de olho a fim de manter as companhias atualizadas no estudo “Tech Breakthroughs Megatrend” (Tendências e avanços em tecnologia).

As empresas terão que quebrar uma série de barreiras, como a qualificação de profissionais, flexibilidade dos locais e horários de trabalho, administração das barreiras legais e a formação de uma nova cultura organizacional para obter esses benefícios do aumento da produtividade por meio da tecnologia. Veja as tecnologias mencionadas pelo estudo:

Inteligência Artificial

Softwares baseados em algoritmos capazes de desempenhar tarefas que normalmente exigem intervenção humana, como traduções e tomadas de decisão. Trata-se de um conceito “guarda-chuva”, abrangendo diferentes setores e empresas, que pode ser implantado e focado em diferentes perspectivas, como aprender, entender, planejar e agir quando exposto a diferentes situações. O próprio Google já usa conceitos de inteligência artificial para determinar quais sites deve mostrar aos usuários, tomando como base suas interações, buscas anteriores, entre outros critérios.

Realidade aumentada

Adicionar informações ou imagens ao mundo físico por meio de tecnologias de áudio ou vídeo, visando melhorar a experiência do cliente com um produto ou uma tarefa. O recente sucesso atingido pelo jogo Pokémon Go mostra o potencial desse tipo de tecnologia.

Blockchain

Trata-se de um recibo de todas as transações eletrônicas realizadas por bitcoins; uma espécie de plataforma de distribuição eletrônica usada para gravar e confirmar transações, com segurança e garantindo que apenas os interessados possam ter acesso aos dados.

Drones

Veículos aéreos ou de água usados para diferentes atividades, como veículos aéreos não tripulados (VANT). Podem ser operados por computador ou em rotas pré-definidas. A Amazon (foto) já planeja utilizá-los para as entregas de produtos comprados no e-commerce.

Internet das Coisas (IoT)

Equipamentos e dispositivos interligados com sensores a softwares, coletando e trocando informações por meio da internet, aumentando a produtividade e melhorando diversos segmentos das empresas, como o estoque . Confira o artigo sobre Internet das Coisas no blog da Bz Tech.

Robôs

Equipamentos usados para automatizar, aumentar a produtividade ou assistir às atividades humanas de forma autônoma ou baseado em configurações específicas.

Realidade virtual

Simulações digitais, imagens em 3 dimensões ou a criação de um ambiente completo, com um espaço pré-definido e restrito no qual os usuários possam interagir de modos reais. Normalmente, exige o uso de um dispositivo, como um capacete ou um headset. A Microsoft, por exemplo, está testando um dispositivo que pode ser tanto para jogos de vídeo game quanto em outras aplicações.

Impressoras 3D

Impressoras usadas para criar objetos em 3 dimensões, baseado em modelos digitais. As impressoras 3D já são usadas em diferentes segmentos, incluindo o de plástico, metal, vidro, madeira e até mesmo em questões voltadas à saúde.

Essas tecnologias que parecem coisa do futuro estão cada vez mais ao nosso alcance, e as empresas que pretendem se manter atualizadas estão sempre testando as tecnologias atuais para melhorar sua produtividade, algo que pode ser obtido com leitores, tecnologia RFID, entre outros dispositivos. O principal objetivo é se manter atualizado e, ao mesmo tempo, oferecer excelência no atendimento aos clientes, estando sempre um passo à frente.

Fonte: Exame.com

O que você achou desta matéria?

Vote e ajude-nos a melhorar.